terça-feira, 29 de março de 2016

Páscoa da Ressurreição!

PÁSCOA DA RESSURREIÇÃO
Deus tudo pode!
 Quando o sonho se desfaz, Deus reconstrói.
Quando se acabam as forças, Deus renova.
Quando é inevitável conter as lágrimas, Deus dá alegria.
Quando não há mais amor, Deus o faz nascer.
Quando a maldição é certa, Deus transforma em benção.
Quando parecer ser o final, Deus dá novo começo.
Quando a aflição quer persistir, Deus nos envolve com a paz.
Quando a doença assola, Deus é quem cura.
Quando o impossível se levanta Deus o torna possível.
Quando faltam as palavras, Deus sabe o que queremos dizer.
Quando tudo parece se fechar, Deus abre uma nova porta.
Quando você diz: não vou conseguir, Deus diz: Não temas, pois estou contigo
Desejo que você possa fazer a experiência da presença do Ressuscitado em sua vida e missão.Caminhe, evangelize, deixe-se evangelizar. Anuncie pela vida o Cristo glorioso. Seja portador/a da paz do Ressuscitado.
 Feliz e santa Páscoa!



quarta-feira, 16 de março de 2016

Júlia Úrsula Ledóchowska Fundadora da Congregação das Irmãs Ursulinas do Coração de Jesus Agonizante












1865
Júlia nasce em Loosdorf, na Áustria Baixa, como segunda criança dos sete filhos de Antonio e Józefina Salis-Zizers.
1883
A família dos Ledóchowski transfere-se para Lipnica Murowana, perto de Cracóvia.
1886
Júlia entra no convento das irmãs ursulinas em Cracóvia, conhecido por seu elevado nível espiritual, como também do trabalho pedagógico e educacional no meio das jovens tanto do lugar, como dos lugares distantes de Galícia e da Rússia.
1904
Madre Úrsula torna-se superiora do convento das ursulinas, em Cracóvia.
1907
Parte para Petersburgo com a benção do papa Pio X juntamente com duas irmãs e assume a direção do internato para as moças junto ao Ginásio polonês de Santa Catarina.
1908
A comunidade crescente das irmãs, vivendo na clandestinidade, torna-se a casa autônoma das ursulinas em Petersburgo e, a madre Úrsula sua superiora. Também no noviciado clandestino estão se preparando para a vida religiosa as futuras ursulinas.
1910
Surge uma comunidade ursulina sob o Golfo Pérsico junto com o ginásio e internato para as moças- realizando as ideias pedagógicas da M. Úrsula.
1914
A explosão da guerra traz a expulsão da m. Úrsula da Rússia. Parte para a Escandinávia, parando primeiramente em Estocolmo, depois em Dinamarca. Devagar transfere para cá as irmãs de Petersburgo tomado pela guerra e juntamente com elas organiza uma escola para as jovens da Escandinávia. Insere-se no ambiente e na vida da Igreja local e assume a colaboração com o Comitê de Ajuda aos Órfãos da Guerra, fundado na Suíça por  Henryk Sienkiewicz.
1920
A comunidade ursulina de Petersburgo retorna para a Polônia – a Pátria livre e estabelece-se em Pniewy, perto de Poznań. Logo depois recebe a licença da Santa Sé para transformar a casa autônoma para Congregação das Irmãs Ursulinas do Coração de Jesus Agonizante (as ursulinas cinzentas). Brota então, um novo ramo no velho tronco, que deseja viver a espiritualidade ursulina com a tradição do trabalho educativo e pedagógico como um instrumento privilegiado nos tempos que mudaram, procurando ao mesmo tempo, as formas que corresponderiam às necessidades novas, especialmente das pessoas pobres. A Congregação desenvolve-se rapidamente sob a direção da M. Úrsula. Surgem as comunidades e obras na Polônia e as comunidades missionárias nas Regiões Fronteiriças no Leste da Polônia. A partir do ano de 1928 a Congregação está presente na Itália e, a partir do ano de 1930 as irmãs estão organizando as comunidades na França, acompanhando as moças que partem para a França buscando o trabalho e melhores condições de vida.
A Madre está formando as irmãs, antes de tudo, para amar sobretudo a Deus, desejando para que vivam na simplicidade, sejam humildes, mas ao mesmo tempo, cheias de dedicação e criativas em assumiras iniciativas de trabalho em prol dos outros, de modo especial em prol das crianças e da juventude. Como sinais características de um testemunho veraz de união com Cristo considera o sorriso, a serenidade de espírito e a bondade. Para este testemunho atribui a grande influência da evangelização e da educação. Ensina que, que a santidade é possível para todos e que consiste no engajamento nas obrigações diárias, cheio de amor a Deus e aos homens. 
Ela mesma viaja bastante, visitando as comunidades e dando resposta para as novas propostas de trabalho. Valorizando o enorme papel das organizações auxiliares à catequese e a educação religiosa, transfere para o território polonês, entre outros, a Cruzada Eucarística (hoje Movimento Eucarístico Jovem). Organiza a edição dos livretinhos para as crianças e juventude, ela mesma escreve para eles os artigos. Na sua vida transbordante de atividades encontra tempo para escrever os livros para as crianças. Participa ativamente na vida religiosa, cultural e social do País, pelos quais recebe as altas condecorações nacionais.
M. Úrsula queima-se por amor a Jesus Cristo e este amor urge-a em tudo, o que faz. Ama o ser humano – cada pessoa, sem exceção de credo, convicções ou posição.
1939
Quando morre,em Roma no dia 29 de maio , as pessoas dizem que morreu uma santa...
1983
No dia 20 de junho João Paulo II beatifica a m. Úrsula, em Poznań. Esta é a primeira beatificação realizada na terra polonesa.
1989
O corpo preservado da bem-aventurada Úrsula está sendo transladado de Roma para Pniewy - Polônia e depositado na capela da Casa Mãe, da Congregação.
2002
A proclamação do decreto sobre o reconhecimento do milagre pela intercessão da bem-aventurada Úrsula encerra o processo de canonização.
2003
João Paulo II realiza em Roma, no dia 18 de maio a canonização da Úrsula Ledóchowska.

domingo, 13 de março de 2016

Bispo Diocesano Dom Derek Byrne em nossa comunidade

Com muita alegria , no dia 29 de fevereiro 2016  recebemos em nossa casa , na comunidade de Primavera do Leste, a presença de nosso Bispo Dom Derek Byrne, celebrando conosco a santa missa. Na ocasião se fizeram presentes também os vocacionados Gustavo e Murilo.
Dom Derek em sua homilia destacou que devemos nos esforçar para vivermos somente para Deus! Esse  deve ser o nosso desejo e que deve perpassar o ano todo. Sabemos que é algo grande, mas natural, pois o sonho de Deus foi implantado no coração humano, de tal maneira que viver e estar com Ele se torna uma necessidade. 





E isso, somente será possível na medida de nossa experiência de discipulado de Jesus, que se dará no cotidiano da vida realizando e vivendo como Jesus viveu e ensinou, Ele é a presença por excelência do amor que Deus tem por nós e nos dá a certeza de estarmos unidos ao Pai.

sexta-feira, 11 de março de 2016

Via Sacra de Santa Úrsula Ledóchowska -

A Via Sacra de Santa Úrsula Ledóchowska foi instalada nos muros da casa das Irmãs em Primavera do Leste -MT.
Obrigada Ir. Anna Klimczak!

















terça-feira, 1 de março de 2016

PROJETO INTERAÇÃO ESCOLA & FAMÍLIA

EMEF
 MARIA DALAFIORA COSTA  PROJETO PARMA VIDA

PRIMAVERA DO LESTE – MT


Para fortalecer os vínculos e os compromissos mútuos e recíprocos da Escola/Projeto Parma Vida e da Família dos seus alunos, proporcionando situações convívio e proximidade, visando o melhor desenvolvimento do processo ensino aprendizagem dos alunos na sua integralidade, desde 2007 a EMEF Maria Dallafiora Costa – Projeto Parma Vida realiza anualmente com seus educadores (toda a equipe da entidade) o chamado “ Mutirão de Visitas” a todas as famílias de seus alunos. Porém, desde 2015 isto acontece em duas etapas, para que se possa fazer uma visita com maior qualidade,visto que o número de alunos é crescente.
Com um dedicado trabalho da secretaria e equipe gestora todos os endereços são organizados em planilhas por proximidade. Os pais são informados da data e período da visita para que estejam em casa ou deixem seus filhos com alguém responsável por eles. Em seguida são organizadas pequenas equipes de 2 ou 3 pessoas, mesclando entre as várias funções da entidade e considerando quem possa dispor de seu carro ou motocicleta para favorecer o percurso, já que o tempo é curto e as residências, por vezes, são distantes umas das outras. Algumas equipes preferem fazer o percurso a pé.
Os objetivos deste trabalho são basicamente estes:
·        Humanizar as relações entre todos os membros da comunidade escolar;
·        Aproximar todos os integrantes da comunidade escolar;
·        Fortalecer os vínculos da comunidade escolar;
·        Favorecer aos integrantes da equipe escolar conhecimento do meio sócio familiar dos alunos;
·        Melhorar o processo ensino aprendizagem a partir da aproximação de todas as partes na busca da formação e da entre ajuda.
·        Especificamente neste ano se deu também ênfase na campanha de combate ao mosquito Aedes Aegypti, levando folhetos informativos e orientando as famílias no cuidado necessário.

A realização do X Mutirão de Visitas se deu no dia 27 de fevereiro, sábado pela manhã, quando foi feita a primeira etapa das visitas de 2016 iniciando pelas famílias dos alunos que residem nas regiões: Loteamento Padre Onesto Costa, Buritis, Primavera III, J. Veneza, J. Vitória, Primavera II e Centro da Cidade. Conforme fora previamente combinado todo o grupo reuniu-se na rotatória na entrada do Bairro Buritis onde foi feita a oração e mensagem motivadora inicial, foram entregues os endereços e conferidas as equipes. Daí todos partiram para as visitas. Por volta de 09:00 as equipes, ao terminarem as suas visitas, foram reunindo-se no salão da Igreja Nossa Senhora Aparecida, Bairro Primavera III, onde foi feita a partilha da experiência vivida.
            Pontos relevantes desta primeira etapa a partir dos relatos feitos pelos participantes:
·        Todos foram muito bem recebidos pelas famílias. Em várias casas os pais não estavam porque haviam saído para o trabalho, porém, com raras exceções, as crianças estavam em casa esperando a visita;
·        As famílias demonstraram muita alegria e gratidão pela visita recebida e pela possibilidade de terem os filhos na EMEF Maria Dallafiora Costa – Projeto Parma Vida, reconhecendo o empenho de toda a equipe por uma educação de qualidade;
·        Os educadores ficam muito impressionados nesta aproximação entre a escola e a família e passam a compreender muito mais a respeito de seus alunos graças a este contato direto com as famílias no espaço onde residem. Conhecem mais da vida familiar o que os trona mais comprometidos pelos seus alunos;
·        É grande entusiasmo das crianças em receberem seus educadores e para favorecer o encontro chegam a sinalizar a casa com a própria camiseta do uniforme, colocam cartazes ou bandeirinhas brancas, sem dizer que chegam a ficar à frente da casa garantindo que a visita os encontre;
·        Como das visitas anteriores, também nesta, os educadores garantem que ao fazer esta visita recebem mais do que oferecem. Trata-se de uma aproximação que “não tem preço”.
A próxima etapa será no segundo semestre visitando outras regiões da cidade.
Encerrando esta manhã foi feita uma breve confraternização com um Picolé oferecido pela entidade.
A equipe Gestora parabeniza todos os participantes pelo seu empenho e pelo entusiasmo com que se envolvem neste projeto.
Ir. Iradi Canan



            

Parabéns Ir. Cleci Cirino

Dia 04 de novembro... nossa gratidão a Deus! Ir. Cleci.... desejamos a você um Feliz Aniversário! "Uma alma radiante j...